A escrita (ou a atualização) do copy do teu site anda na tua lista de tarefas há mais tempo do que gostarias?

Neste artigo explico-te o passo a passo que te vai levar de uma folha em branco para um site que reflete a essência da tua marca.

(Preferes ouvir em vez de ler?)

Passo 1: Entra no espírito com o ambiente certo

Antes de começares, prepara-te.

Encarar a folha em branco pode ser intimidante e impedir-te de avançar antes mesmo de teres começado. Por isso, criar o ambiente certo para começares a escrever vai ajudar-te a ultrapassar este primeiro obstáculo.

Algumas dicas:

  • Abandona qualquer ideal de perfeição. O copy não tem de ser perfeito, muito menos o teu primeiro rascunho e é por aí que vais começar.
  • Põe uma música que te ajude com a concentração. Eu gosto de usar a app Insight Timer ou esta playlist no Spotify.
  • Pratica um pouco de escrita livre, à mão, antes de começares a escrever para o teu site. Escreve sobre como te sentes e sobre o que te pode estar a impedir de avançar.
  • Estabelece uma intenção para a tua sessão de escrita. Pode ser escrever o rascunho da página Sobre ou estruturar os conteúdos da página inicial, por exemplo. Define um tempo para esta atividade e põe o temporizador a contar.

Passo 2: Prepara-te antecipadamente

Pesquisa.

Se já fizeste a primeira parte do trabalho, já conheces o teu cliente ideal e sabes por onde é que ele costuma andar no online. Agora, lê o que ele escreve e anota tudo aquilo que for relevante para os teus conteúdos, bem como todas as ideias que daí te surgirem.

Se já tens clientes, fala com eles. Percebe o que os fez escolher a tua marca e toma nota daquilo que dizem.

Perguntas a que podes responder:

  • O que diz o teu cliente ideal sobre serviços como o teu?
  • Como é que ele se refere às suas dificuldades e aos seus sonhos?
  • Como é que ele descreve a transformação que procura para a sua vida? O que é que ele deseja alcançar?

Empreendedora a escrever o copy do seu site.

Passo 3: Define uma estratégia

Quando sabes qual é o objetivo da peça de conteúdo, a escrita torna-se mais fácil.

Revê as tuas pesquisas e identifica os pontos- chave que deves comunicar para criares uma ligação com o teu cliente ideal. Quanto mais aprofundares as suas motivações, aquilo que o leva a tomar determinada decisão, mais fácil será criares uma conexão com ele e, consequentemente, potenciares as tuas vendas.

Perguntas que podes fazer:

  • Qual é a coisa mais importante que o meu site precisa de comunicar? Qual é a mensagem central da minha marca?
  • Para quem estou a falar? (Sê o mais específica possível.)
  • Quais as dores e os sonhos que esta pessoa tem?

Passo 4: Estrutura o copy

Podes não acreditar, mas a parte mais difícil já está. Agora, é só juntares a informação que reuniste e pôr as palavras no papel.

Usa aquilo que identificaste nos passos 2 e 3 para estruturares o copy do teu site, de acordo com os teus objetivos e a forma como que queres que o visitante navegue por lá. Pensa no caminho que queres que ele faça, desde que entra até que (idealmente) te contacta.

Afinal, cada página do teu site tem a sua própria função e responde a perguntas específicas.

A lembrar:

  • Todas as páginas precisam de um título apelativo, que prenda a atenção.
  • Inclui botões de chamada à ação (call to action ou CTA) que indicam ao visitante o que fazer a seguir.
  • Avança mesmo sem a certeza de estares a fazer tudo bem. Feito é melhor do que perfeito e nada no teu site é definitivo. À medida que avanças podes ir fazendo ajustes ou até recorrer à ajuda de um profissional.

Mulher ao computador com uma chávena de chá a escrever o copy do seu site.

Passo 5: Escreve

Define um período do dia para te dedicares exclusivamente à escrita destes conteúdos e limita as distrações o máximo que conseguires. Aqui incluo notificações do telemóvel, internet, clientes e até filhos!

Sempre que sentires que estás a bloquear, faz uma pausa e regressa ao passo 1.

Prepara um chá, medita, vai dar uma caminhada, lê umas páginas de um livro, pinta uma mandala… Faz qualquer coisa que te afaste da ideia de que tens de produzir um texto e que, ao mesmo tempo, te conecte com o teu lado mais criativo, o teu “porquê” e o teu cliente ideal.

Depois, volta ao trabalho e tenta outra vez.

Concluindo…

Se já andas a adiar a escrita (ou a atualização) do copy do teu site há mais tempo do que seria desejável, há 5 passos a seguir para completares essa tarefa de uma vez:

  1. Cria o ambiente certo para entrares no espírito.
  2. Prepara-te para escrever, com uma pesquisa prévia.
  3. Define uma estratégia para o teu site.
  4. Estrutura o copy para levares o visitante do ponto A ao ponto B.
  5. Escreve, partindo da informação que reuniste.

Que te parecem estes 5 passos? Qual é o mais fácil para ti? E o mais desafiante? Se tiveres alguma dúvida, estou por aqui.