Escrever conteúdos é um processo que implica algum investimento de tempo e este é, muitas vezes, o maior obstáculo a uma produção de conteúdos consistente e regular.

Ainda assim, a escrita de conteúdos é uma atividade-chave para o crescimento da tua marca.

Escrever conteúdos de qualidade permite-te criar uma relação de empatia e confiança com o teu cliente ideal e fazê-lo avançar no teu funil de vendas. Ou seja, levá-lo desde o momento em que conhece a tua marca até ao momento em que pondera trabalhar contigo ou fazer-te uma compra.

Mas como é que podes, então, escrever conteúdo de qualidade de forma regular sem que isso signifique passares horas em frente a uma folha em branco?

É o que vais descobrir neste artigo com as 6 dicas que te trago.

(Preferes ouvir em vez de ler?)

  • Dica 1 para escrever conteúdo de qualidade: Conhece o teu cliente ideal

Não há conteúdo de qualidade se ele não for escrito com foco no teu cliente ideal. 

Conheceres o teu cliente ideal, identificando as suas necessidades e os seus desejos, é o primeiro passo para escrever conteúdo que se converte em clientes.

Se não sabes o que podes fazer para conheceres melhor o teu cliente ideal, estas perguntas vão ajudar-te.

Quanto melhor conheceres o teu cliente ideal, mais rapidamente vais ser capaz de gerar ideias para os teus conteúdos.

E, com ideias, vais saber o que escrever.

  • Dica 2 para escrever conteúdo em menos tempo: Planeia

Planear não é só definires dias, horas e plataformas para publicares o teu conteúdo.

Planear a tua escrita de conteúdos significa, em primeiro lugar, teres um planeamento estratégico para o teu negócio que te permita fazer a ligação entre os objetivos que queres atingir e os conteúdos que vais escrever.

Depois, a partir deste planeamento estratégico, vais definir tópicos e subtópicos sobre os quais vais escrever e, por fim, vais planear as diferentes peças de conteúdo envolvidas.

Assim, estarás, verdadeiramente, a acelerar o teu processo de escrita de conteúdos. 

Então, com um plano definido, quando te sentares para escrever, vais ter uma ideia clara daquilo que vais tratar e só tens de desenvolver as tuas ideias a partir daí.

É por isso que teres um método que te ajude a ir das ideias à escrita facilita e descomplica todo o teu processo de escrita de conteúdos.

  • Dica 3 para escrever conteúdo mais rapidamente: Tem um banco de ideias atualizado

Ter um banco de ideias ajuda-te a escrever conteúdos em menos tempo, porque diminui hesitações sobre o tema que vais abordar. Contudo, criar um banco de ideias não chega se, depois, o tratas como um depósito de referências e não fazes uma triagem regular das ideias que vais recolhendo.

Para te ser verdadeiramente útil, um banco de ideias tem de ser alimentado e revisto com regularidade.

Uma das formas de conseguires esta revisão regular é criando aquilo que chamo de “encontro com a criatividade“. Estes encontros regulares são uma forma de desbloqueares a tua criatividade e usares a inspiração como motor de ação criativa.

Tanto no Curso de Planeamento e Organização de Conteúdos para #marcascompalavra como no meu Programa de Mentoria, este é um tema tratado no módulo sobre Criatividade.

  • Dica 4 para escrever conteúdo mais facilmente: Reutilizar conteúdo já publicado

Esta dica parece óbvia, mas é aquela que menos pessoas utilizam, acreditas?

Material de escritório para empreendedora escrever conteúdo: computador, esferográfica, caderno e uma chávena de chá.

Temos tendência para estar sempre a tentar criar a partir do zero quando, afinal, já temos tanto material que pode ser reaproveitado.

Primeiro, porque nem todas as pessoas veem todo o nosso conteúdo e, depois, porque há pessoas que se identificam mais com um formato do que com outro.

Então, quando estiveres a planear os teus conteúdos, pensa quais deles podem ser reutilizados.

Um conteúdo pode servir diversos propósitos. Basta mudares a forma como está estruturado ou a plataforma de suporte e consegues, de forma fácil, e em muito menos tempo, transformar um tipo de conteúdo noutro.

Vamos a exemplos?

Podes partir de um carrossel do Instagram para fazeres um vídeo. Os teus vídeos do youtube – ou os teus podcasts – também podem ser convertidos em texto e transformados em artigos para o blog ou numa série de posts para as redes sociais. E, se não quiseres usar o teu tempo a fazer a transcrição dos vídeos ou dos áudios, podes sempre delegar essa tarefa num profissional.

O mesmo se pode aplicar a um curso online ou programa que tenhas. Todo o teu conteúdo pode ser reaproveitado e reutilizado.

  • Dica 5 para escrever conteúdo com regularidade: Define horários

Se queres ser mais eficiente na escrita dos teus conteúdos, define momentos concretos para essa atividade. Depois, regista esses blocos de tempo na tua agenda e faz desses momentos um hábito.

O meu momento preferido para escrever conteúdos é ao início do dia. Ao fazê-lo, estou a colocar-me em primeiro lugar e a mostrar a mim mesma que sou tão importante como as minhas clientes.

Cuidar do meu próprio negócio é uma prioridade para mim, por isso, isto dá-me motivação.

Além disto, ter um plano de trabalho estruturado, com blocos de tempo definidos, ajuda-me a saber com o que posso contar ao longo do dia e da semana.

  • Dica 6 para escrever conteúdo com autenticidade: Escreve primeiro, edita depois

Não queiras fazer tudo ao mesmo tempo.

Ou seja, cria diferentes momentos para a tua produção de conteúdos: um para escrita e outro para a edição.

Primeiro, dedica-te a pôr no papel aquilo que já sabes sobre o tema e que queres partilhar com a tua audiência. Neste momento, escreve o mais rapidamente que conseguires. Abstrai-te do teu crítico interno e preocupa-te apenas em manter a mão em movimento.

Quantas mais vezes fizeres isto, mais facilmente vais conseguir encontrar a tua voz e imprimir autenticidade aos teus conteúdos.

Quando terminares de pôr no papel tudo o que está na tua cabeça, terás o teu primeiro rascunho.

Depois, afasta-te até ao dia seguinte ou, pelo menos, durante algumas horas.

Quando regressares ao texto vais trazer um novo olhar e, eventualmente, novas ideias e perspetivas. É o momento de editar.

Vê o que já está bom e claro e o que precisa de ser trabalhado. Se necessário, faz pesquisas adicionais, verifica a estrutura, o encadeamento entre as diferentes ideias e limpa o texto de repetições desnecessárias ou de informação que afasta o leitor do tópico central.

Em seguida, trabalha o título e a chamada à ação.

Por fim, escolhe as imagens para ilustrar o texto e publica. Se a plataforma do teu conteúdo for o teu blog, não te esqueças de divulgar o conteúdo nas tuas redes sociais, para potenciares o seu alcance e atraíres o máximo de leitores para o teu site.

Concluindo…

Escrever conteúdo é uma atividade indispensável no teu negócio e isso, nos dias de hoje, está claro para qualquer empreendedor com presença no digital.

O tempo que investes nesta tarefa depende do sistema que és capaz de criar para descomplicar todo o processo. Por isso, se queres escrever conteúdo de qualidade em menos tempo:

  • Conhece o teu cliente ideal
  • Planeia
  • Usa um banco de ideias
  • Reutiliza
  • Estabelece um horário para escrever
  • Escreve primeiro, edita depois

6 Passos. Só isso.

Já segues algum deles?

Se precisares de ajuda com a implementação destas dicas, fala comigo. Vou adorar conhecer o teu negócio e ajudar-te a melhorares a tua escrita de conteúdos, sem complicações.