Contratar um copywriter para escrever os conteúdos para o teu site não tem de ser uma dor de cabeça. Pode, até, ser uma das melhores decisões que já tomaste no teu negócio.

Esquece o escreve-apaga-escreve-apaga. Se estás a pensar escrever ou atualizar o copy do teu site, mas, por mais tempo que invistas nessa tarefa, continuas a sentir que lhe falta alguma coisa, pedir ajuda pode ser a melhor opção.

Afinal, a escrita dos conteúdos para o teu site pode mesmo ser uma tarefa árdua que te consome tempo que poderias estar a dedicar aos teus clientes e ao crescimento do teu negócio.

Neste artigo, explico-te como podes ganhar clareza, tempo (e dinheiro) ao contratares um copywriter para escrever os conteúdos do teu site por ti. E tudo sem que a essência da tua marca se perca!

(Preferes ouvir em vez de ler?)

“Mas como é que ela vai escrever sobre mim e sobre a minha marca se não sabe nada do meu negócio?”

Se já pensaste na possibilidade de delegar a escrita dos conteúdos do teu site, é provável que esta pergunta tenha surgido na tua cabeça.

Porque é verdade.

O copywriter pouco ou nada vai saber sobre o teu negócio quando falarem pela primeira vez.

E eu sei que não é fácil abrir mão de uma parte tão importante do nosso projeto.

Mas e se eu te disser que, ao delegares a escrita dos conteúdos do teu site, não estás a abrir mão de coisa nenhuma?

O trabalho da escrita dos conteúdos para o teu site é um trabalho em equipa em que tu ficas com a parte mais divertida: responder a perguntas que te ajudam a refletir sobre o teu negócio e o teu cliente ideal e rever conteúdos, dizendo o que gostas e o que não gostas.

Então, se queres fechar este capítulo da escrita dos conteúdos para o teu site, talvez seja o momento de encarares a contratação de um copywriter como uma oportunidade para acrescentares valor ao teu negócio.

Contratares um copywriter para escrever os conteúdos do teu site acrescenta valor ao teu negócio.

Como?

Ter um negócio é como estar apaixonado: só vemos o lado bom. Estamos de tal maneira encantados com tudo o que estamos a fazer que não conseguimos ver as coisas com o distanciamento necessário.

Para escreveres conteúdos que convertem visitantes do teu site em clientes, é necessário este distanciamento. É ele que te vai permitir identificar pequenas lacunas que te podem estar a impedir de chegar mais perto das pessoas que queres atrair para o teu negócio.

Secretária de uma empreendedora que quer contratar um copywriter para escrever os conteúdos do seu site, com um portátil, um candeeiro, uma garrafa de água e um despertador.

Tu és a especialista. Tu dominas a área. Para ti é tudo claro.

Mas para o teu cliente ideal não é assim.

O teu cliente ideal não é especialista. Não domina os temas como tu. Não tem os mesmos conhecimentos do que tu. Afinal, esse vai ser o teu trabalho, ajudá-lo dentro da tua área de especialidade.

Mas, para isso, é preciso que o convenças de que tu és a melhor pessoa para o ajudar. Para tal, é preciso que te coloques no lugar dele e tornes as coisas o mais claras, objetivas e simples possível.

E chegar ao simples nem sempre é fácil.

É aqui que contratar um copywriter te vai ajudar.

5 Boas razões para contratares um copywriter para escrever os conteúdos do teu site

1. Ganhas novas perspetivas sobre o teu negócio

O copywriter vai olhar para o teu negócio com um olhar fresco e novo, tal como o teu potencial cliente.

Já pensaste que o copywriter que escolheres até pode corresponder ao perfil do teu cliente ideal? Imagina o quanto a tua mensagem e a tua comunicação poderiam ganhar com isso.

Quando recebo um novo projeto para a escrita de conteúdos para website, o meu trabalho começa antes mesmo de receber as respostas ao briefing.

Gosto de fazer uma investigação prévia, sem a influência da perspetiva do cliente. Vou ver qual é o tipo de comunicação que a minha nova cliente já faz, vejo as suas redes sociais, os comentários às suas publicações e o seu antigo site e blog, se for o caso de uma reformulação de um site.

Assim, começo, aos poucos, a entrar no universo da marca e a perceber o seu potencial.

2. Aprofundas o conhecimento que tens do teu cliente ideal

Quando começo a trabalhar com uma marca, uma das primeiras coisas que faço é imaginar-me no lugar de um potencial cliente. E é engraçado que, muitas vezes, sou mesmo esse potencial cliente, o que torna tudo mais intuitivo e natural.

E, então, penso no que sentiria se estivesse à procura daquele tipo de produtos ou serviços.

O que me levaria a comprá-los? O que é que eu esperaria receber? Como é que gostava de me sentir depois do processo?

Quando recebo as respostas ao briefing, é o momento de cruzar a informação que o cliente me entrega, e que já vem filtrada, com aquela que eu própria recolhi.

Anoto dúvidas e partimos para uma reunião para debatermos o briefing e esclarecermos todas as questões que possam ter surgido.

A partir daí, vão surgindo ideias e expressões-chave que vão guiar toda a comunicação do site.

Como vês, quem trabalha comigo não abre mão de nada. É um trabalho em equipa, só que muito mais fácil, simples e leve para as minhas clientes.

3. Recebes inputs aplicáveis a toda a tua comunicação

Depois das conversas iniciais, aprofundo a minha pesquisa. Estudo a marca ao pormenor, pesquiso a concorrência e leio testemunhos.

É assim que o rascunho vai ganhando estrutura.

Enquanto faço este trabalho, vou tomando notas que, depois, vou sistematizar no Manual de Comunicação Escrita personalizado, com dicas e sugestões práticas que a minha cliente vai poder aplicar a todos os seus conteúdos no futuro.

Mulher empreendedora sentada à secretária a pesquisar como contratar um copywriter para escrever os conteúdos do seu site.

4. Ganhas tempo para te dedicares aos teus clientes

E, enquanto eu trabalho os conteúdos do site e crio um guia orientador para a comunicação escrita da marca, a minha cliente continua a fazer aquilo que sabe fazer melhor e que lhe traz rendimento imediato, dedicando-se aos seus clientes e à visão estratégica para o seu negócio.

Já pensaste em tudo o que poderias fazer se já te tivesses libertado da tarefa de escrever os conteúdos para o teu site?

Há quanto tempo é que ele já poderia estar lançado?

Quantos novos clientes podes estar a perder só porque continuas a adiar esta tarefa?

5. Consegues uma mensagem mais eficaz

A primeira impressão que o visitante do teu site vai ter é muito importante e ela não se restringe apenas à parte visual do site.

As palavras que estão no teu site são um fator determinante quando um potencial cliente está a tentar perceber se tu e a tua marca são exatamente aquilo que ele procura.

E isto tem de ficar evidente na tua mensagem, mostrando os valores da tua marca e o que é que a tua marca tem que lhe interessa, de uma forma fluida e envolvente que crie empatia com o teu potencial cliente e o convide a saber mais.

Concluindo…

Eu sei que o teu negócio é muito importante para ti e que tu és, de facto, a pessoa que melhor o conhece e que melhor conhece o teu cliente ideal.

Ainda assim, o teu negócio tem muito ganhar ao contratares ajuda para a escrita dos conteúdos do teu website:

  • Novas perspetivas sobre o teu posicionamento
  • Novas informações sobre o cliente ideal
  • Ideias para novos conteúdos e sugestões para tornar a comunicação mais eficaz
  • Tempo para acompanhar mais clientes e pensar estrategicamente
  • Mais clientes por teres uma mensagem direcionada, clara e impactante

Delegares a escrita dos conteúdos do teu website é um investimento na tua marca.

Um investimento que, a curto prazo, poderá trazer mais clientes que procuram exatamente aquilo que tens para lhes oferecer. Clientes para quem és o match perfeito. Clientes que vão adorar trabalhar contigo. Clientes que vão trazer ainda mais clientes.

Diz-me, já pensaste em contratar um copywriter para a escrita dos conteúdos para o teu website? O que achas destas 5 razões?

Se tiveres alguma questão ou quiseres conversar comigo e saber como te posso ajudar, envia-me um email para marcarmos uma Sessão Estratégica Gratuita.